Ferramenta foi lançada durante sessão comemorativa do Conselho Universitário realizada em formato remoto, na sexta-feira (24)

 

A plataforma traz informações como quantidade de orientações concluídas, palavras mais utilizadas nas publicações, número e nomes de coautores. Foto: Beto Monteiro/Secom UnB

A Universidade de Brasília agora conta com a plataforma UnB Pesquisa, que permite localizar pesquisadores, suas especialidades e produção científica, além de informações sobre unidades acadêmicas, departamentos, ativos de propriedade intelectual, infraestrutura instalada nos laboratórios, dentre outras informações, de maneira simples e rápida. A iniciativa é do Decanato de Pesquisa e Inovação (DPI) e nasce com o objetivo de dar mais visibilidade aos pesquisadores da instituição.

“O intuito é dar visibilidade e fazer com que as pessoas encontrem rapidamente pesquisadores que tratam de determinados assuntos. Serve internamente para nós fazermos redes e serve ainda mais para que qualquer cidadão procure temas de interesse e encontre as pessoas que trabalham com aquilo”, explica a decana de Pesquisa e Inovação em exercício, Cláudia Amorim.

UnB Pesquisa permite localizar pesquisadores e produção acadêmica de maneira rápida e prática. Imagem: Reprodução.

Para a reitora Márcia Abrahão, a ferramenta se soma a outros esforços institucionais que buscam fortalecer e ampliar a visibilidade da pesquisa feita pela UnB, a exemplo da criação do Decanato de Pesquisa e Inovação (DPI), em 2017.

"A UnB Pesquisa é uma grande forma de divulgarmos as nossas pesquisas. A visibilidade da nossa atuação acadêmica tem ficado cada vez mais necessária, especialmente no momento atual, de crise na saúde pública, quando precisamos de respostas cientificamente embasadas", destaca

A plataforma, que foi originalmente desenvolvida pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e adaptada às necessidades da UnB, torna visualmente mais atrativos os dados contidos nos currículos Lattes de cada professor, trazendo informações como quantidade de orientações concluídas, palavras mais utilizadas nas publicações, número e nomes de coautores, além, é claro, da publicação bibliográfica.

“A UnB Pesquisa facilita para alunos que procuram especialistas em um determinado tema, facilita para empresas que buscam parcerias com a universidade sobre determinados assuntos, serve para o setor público. É um mundo de informações que se extrai muito rapidamente”, conclui Cláudia Amorim.

Leia mais:

>> Conselho Universitário aprova carta da UnB para Brasília

>> Repositório lançado pela UnB reúne iniciativas contra o novo coronavírus

>> Pesquisadores da UnB instruem públicos específicos sobre prevenção ao novo coronavírus

>> Em nota, comitê orienta que distanciamento social seja mantido

>> Iniciativa da UnB cria site e aplicativo para facilitar doações no Distrito Federal

>> Pesquisadores da UnB irão testar eficácia da cloroquina no tratamento da Covid-19

>> Dasu/DAC oferece atividades para promoção de saúde e bem-estar durante isolamento social

>> Professores do Instituto de Ciências Biológicas (IB) são os primeiros no DF a sequenciar genoma do coronavírus

>> Profissionais da UnB reforçam cuidados com saúde mental durante pandemia de coronavírus

 

ATENÇÃO – As informações, as fotos e os textos podem ser usados e reproduzidos, integral ou parcialmente, desde que a fonte seja devidamente citada e que não haja alteração de sentido em seus conteúdos. Crédito para textos: nome do repórter/Secom UnB ou Secom UnB. Crédito para fotos: nome do fotógrafo/Secom UnB.