Etapas para Criação e Certificação do grupo de pesquisa

Os Grupos de Pesquisa na UnB são certificados considerando a Resolução CPP/UnB 002/2012. (Acesso)

1.Inicialmente, os nomes do(s) líder(es) (1 e 2 líder, se houver um segundo) necessitam ser aprovados e indicados pelo gestor da instituição (DPI) para que possam proceder à inclusão dos dados do seu grupo de pesquisa no portal do CNPq.

O(s) líder(es) deverá(ão) ser obrigatoriamente docente(s) do quadro permanente da UnB (professor do magistério superior), em efetivo exercício e que preencha(m) os requisitos estipulados na Resolução CPP/UnB 002/2012.

O líder de grupo, cadastrado como tal pelo Dirigente, é o responsável pelo preenchimento e envio das informações do grupo, a fim de serem examinadas pelo Dirigente. Por meio do seu site, acessível pela senha Lattes, o líder pode registrar um grupo novo, atualizar dados de grupos já enviados, excluir grupo e também acompanhar a situação (status) em que se encontram os grupos por ele enviados: se já foi certificado, se está aguardando certificação, etc.

2. A autorização inicial é realizada pelo DPI após a solicitação enviada para o e-mail (dpi_dirpe @ unb.br) e será concedida após a observação inicial do enquadramento do(s) líder(es) na Resolução supracitada.

3. Após a autorização inicial, acesse o link no site do CNPq, no rodapé rolante do site no item Diretório dos Grupos de Pesquisa no Brasil  Lattes (em vermelho), que deverá ser acessado utilizando o login e senha do Lattes do líder.

4. Após a inserção dos dados do grupo, deve-se clicar o botão verde "enviar para o CNPq", e isso fará com que a proposta siga automaticamente para a análise e possível certificação pelo DPI.

Deve ser observada a necessidade de inserir os alunos sob a orientação do (s) líder (es) no grupo, bem como outros pesquisadores além do (s) nome (s) do (s) líder (es).

Observação importante: Os grupos de pesquisa para serem certificados pela instituição, devem evitar os seguintes casos, considerados atípicos (conforme Resolução CPP/UnB 002/2012):

  • Grupos unitários (formados por apenas 1 pesquisador);
  • Grupos sem estudantes;
  • Grupos sem técnicos;
  • Grupos com mais de 10 pesquisadores;
  • Grupos com mais de 10 linhas de pesquisa;
  • Grupos onde o líder não é doutor;
  • Grupos sem doutores no conjunto de pesquisadores;
  • Pesquisadores que participam de quatro ou mais grupos;
  • Estudantes que participam de dois ou mais grupos;
  • Grupos semelhantes (*)

 

*São considerados grupos semelhantes, comparando 2 a 2, aqueles que possuem, no

mínimo, 50% de seus pesquisadores em comum.


Destaques

Diretório dos Grupos de Pesquisa no Brasil  LINK