Plataforma digital dá projeção aos esforços da Universidade para o enfrentamento da pandemia e incentiva a cooperação entre pesquisadores

 

Página reúne notícias e informações sobre produtos, projetos e medidas capitaneadas pela Universidade para combater o novo coronavírus. Imagem: Divulgação

Ficou mais fácil encontrar, em um só lugar, as iniciativas que a Universidade de Brasília desenvolve em diferentes áreas do conhecimento contra o novo coronavírus. A instituição lançou o repositório digital Covid-19 UnB em Ação para dar maior visibilidade às diversas frentes de atuação e abordagens para lidar com a emergência em saúde pública, além de facilitar a busca e o agrupamento dessas informações em um só espaço. 

Na plataforma, é possível encontrar informações institucionais (sobre comitês instituídos para atuação em resposta à pandemia e sobre funcionamento da Universidade durante o combate ao novo coronavírus); notícias e detalhes sobre projetos e produtos gerados pela UnB com foco na temática. O acesso pode ser feito com apenas um clique pelo banner principal do portal da UnB ou diretamente pela página www.repositoriocovid19.unb.br.

A criação de um mecanismo para sistematizar e armazenar as informações produzidas pela Universidade para enfrentamento da pandemia foi uma necessidade identificada pelos comitês Gestor do Plano de Contingência em Saúde da Covid-19 (Coes) e de Pesquisa, Inovação e Extensão de Combate à Covid-19 (CPIE) da UnB. Daí surgiu a proposta da plataforma, desenvolvida em parceria entre o Laboratório de Inteligência de Redes, da Faculdade de Ciência da Informação (FCI), e o Laboratório Avançado de Produção, Pesquisa e Inovação em Software (Lappis), da Faculdade do Gama (FGA).

Professor Dalton Martins destaca potencial da ferramenta na sistematização e intercâmbio de informações sobre a Covid-19 Foto: Arquivo pessoal

O professor da FCI Dalton Martins é um dos idealizadores do repositório e salienta que a ideia é também favorecer a interação entre pesquisadores, estratégia que ajuda a ampliar as colaborações e maximizar o impacto das ações em andamento. “Essa transparência não só fortalece os pesquisadores e a comunidade acadêmica a entenderem o que está sendo feito e como podem colaborar. Como também pode apoiar a sociedade a encontrar respostas, entre o que a Universidade está produzindo, para as suas demandas e necessidades nesses tempos de pandemia”, destaca o docente, que atualmente coordena o Laboratório de Inteligência de Redes.

O repositório foi organizado, inicialmente, com base nos projetos contra a Covid-19 com financiamento aprovado em chamada pública realizada pela instituição. A proposta é que seja constantemente atualizado com inserção de novas informações. A comunidade acadêmica pode colaborar para a alimentação da plataforma com o envio de informações sobre ações de pesquisa, extensão e inovação, além de serviços tecnológicos desenvolvidos da UnB para o enfrentamento da Covid-19.

Para enviar novos dados, basta clicar na seção Repositório de Projetos e Produtos e ir à aba Submissão. Lá, o usuário encontrará as opções de enviar um projeto ou um produto. Em seguida, a pessoa deve preencher as informações gerais requeridas sobre a iniciativa, para então concluir a solicitação de registro. As submissões são enviadas para triagem e validação por especialistas da Sala de Situação da UnB, no âmbito do Coes.

Ações sobre a Covid-19 desenvolvidas pela comunidade acadêmica podem ser registradas diretamente na plataforma. Imagem: Divulgação

Sugestões de melhorias na plataforma e artigos científicos a serem arquivados podem ser encaminhados ao e-mail This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.. Em breve, também serão disponibilizadas informações sobre saúde mental e apoio psicossocial ofertados na UnB nesse período de isolamento social.

INOVAÇÃO – Facilitam as pesquisas na plataforma a organização dos projetos e produtos por categorias e subcategorias, com informações detalhadas, e a busca filtrada com o uso de metadados. Ademais, há a possibilidade do cruzamento e a inter-relação de dados e de exportação das informações para análise e pesquisa, tornando a ferramenta uma base de dados ativa.

Na avaliação da decana de Pesquisa e Inovação (DPI) em exercício, Cláudia Amorim, tais conteúdos são valiosos e não só constituem uma memória institucional, como também auxiliam na produção de novas informações pelos pesquisadores e em análises mais aprofundadas sobre a pandemia, quando for superada. Trata-se ainda de um mecanismo importante para atrair recursos para pesquisas.

“O repositório ajuda a mostrar à sociedade a importância e o alcance do papel da UnB, neste momento, em ações de pesquisa, inovação e extensão e também pode nos ajudar a obter maior repercussão nas ofertas de financiadores”, menciona Cláudia Amorim.

Para chegar à interface amigável e de fácil busca e gestão das informações, a equipe desenvolvedora utilizou um software livre, o Tainacan, ferramenta integrada ao Wordpress que o transforma em um repositório digital para organização de coleções. O software é produto de um projeto de pesquisa do Laboratório de Inteligência de Redes e já tem sido utilizado por outras instituições e órgãos nacionais e internacionais.

Entre elas, o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), a Fundação Nacional de Artes (Funarte) e a secretaria de Cultura do México – esta, em função de parceria entre a UnB e a Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM), no âmbito do Programa Institucional de Internacionalização Capes PrInt.

 Leia mais:

>> Pesquisadores da UnB instruem públicos específicos sobre prevenção ao novo coronavírus

>> Em nota, comitê orienta que distanciamento social seja mantido

>> Iniciativa da UnB cria site e aplicativo para facilitar doações no Distrito Federal

>> Pesquisadores da UnB irão testar eficácia da cloroquina no tratamento da Covid-19

>> Dasu/DAC oferece atividades para promoção de saúde e bem-estar durante isolamento social

>> Professores do Instituto de Ciências Biológicas (IB) são os primeiros no DF a sequenciar genoma do coronavírus

>> UnB garante auxílios a estudantes de baixa renda durante pandemia da Covid-19

>> Profissionais da UnB reforçam cuidados com saúde mental durante pandemia de coronavírus

>> Nota do DAC sobre medidas adicionais além do auxílio alimentação emergencial

 

ATENÇÃO – As informações, as fotos e os textos podem ser usados e reproduzidos, integral ou parcialmente, desde que a fonte seja devidamente citada e que não haja alteração de sentido em seus conteúdos. Crédito para textos: nome do repórter/Secom UnB ou Secom UnB. Crédito para fotos: nome do fotógrafo/Secom UnB.